MENUMENU
MENUMENU
MENUMENU

Casa da árvore
Monte Redondo, 2017

Na edição de 2017 do Museum Festum foi-nos também sugerida a ideia de construção de uma casa da árvore. O terreno do recinto é abundantemente florestado com sobreiros e pinheiros mansos e bravos. Um dos sobreiros, com mais de 15 metros, chamou-nos imediatamente a atenção, não só pela sua localização central, como pela forma exuberante e densa com que os seus ramos e folhagem ocupavam o espaço. Uma vez decidido que não usaríamos a árvore como apoio estrutural, a solução encontrada consistiu na criação de uma série de plataformas que estariam assentes em vários pilares de madeira, imitando a floresta à sua volta. Nesse sentido, tornou-se muito importante que as plataformas, no seu conjunto, pudessem seguir o perfil da árvore, proporcionando a sensação de que se está a subir sobre ela.A construção, localizada no centro do recinto, acabou por tornar-se, não só num espaço de lazer para os visitantes, como num centro logístico para a equipa do festival, que colocou aí um serviço de bilheteira e bar. A sua integração no próprio tecido do festival acabou, enfim, por definir a criação de áreas contíguas de repouso e esplanada, que permitiram a interação com as outras estruturas do festival e, em última instância, o percurso dos visitantes no recinto.

Cliente/Promotor: Museum Festum
Desenho e construção: TIL
Carpintaria: Daniel Carvalho
Voluntários: João Carvalho, João Milino, Joel Correia.
 

~ 2019 | info@otil.pt